Querido Diário,

Oi,meu nome é Carol Andrade(adoro meu sobrenome!) sou carioca ,adooro praia,sorvete e chapinha!Tenho ódio de matemática,Fernanda e gente colorida.Sou mais anormal do que o resto das pessoas mas gosto de ser assim,ok?Adoro livros,fanática por água de coco e apaixonada pelo Luís.Bom,eu ganhei “você” no início do ano passado,mas no começo não queria escrever aqui.Eu acho diário uma coisa antiga e sinceramente não tenho paciência pra escrever aqui,mas é que andam acontecendo umas coisas e eu PRECISAVA desabafar.Então,eu sou apaixonada pelo Luís e achava que ele também gostava um pouco de mim,mas acho que estraguei tudo porque outro dia estava dizendo que nunca namoraria um moleque e na verdade ele é meio assim e achou que eu estava falando diretamente pra ele.Mas não era.Ai,e também tem o Wiliam que sempre foi meu melhor amigo,mas agora tá começando a me olhar de um jeito diferente.A Mayanne,minha melhor amiga disse que ele sempre gostou de mim e só eu não percebia.Mas eu não quero que ele goste de mim porque eu gosto dele só como amigo e as coisas ficariam estranhas entre a gente.Eu sempre falava´pra ele sobre os garotos que eu gostava e ele sabe que eu sou completamente apaixonada pelo Luís.Eu fico lembrando de tudo que a gente fazia junto:matar a educação física e se esconder na sala de artes gastando um monte de tinta haha,ficar deitados no gramado do jardim da minha casa à  noite olhando as estrelas e conversando e penso que talvez ele estivesse olhando mais que as estrelas e talvez estivesse pensando em mim também e que talvez tudo isso acabe o dia em que ele se declarar pra mim e eu disser que não quero nada com ele.Ai,a vida é tão difícil!E outra coisa,adooro ler!Estou lendo agora o Diário de Anne Frank e estou literalmente comendo o livro!Estou amando.É muito estranho pensar que mesmo ela tendo vivido há tanto tempo passou por coisas que qualquer adolescente passa,já que ela tinha 13 anos(a minha idade!) quando começou a escrever o diário e 15 quando terminou.Mesmo com toda aquela guerra e opressão ela conseguia ser uma garota normal.Ela tinha muitas amigas(mas nenhuma de verdade),também muitos admiradores(como diziam na época)e era apaixonada por um garoto que não correspondia e que saía com um monte de meninas.Até o jeito como ela descreve os seus colegas de turma parece com o jeito que eu os descrevo às vezes.E esse foi outro motivo pelo qual eu resolvi escrever aqui no diário,outra coisa interessante no diário dela é que ela diz que acha que daqui a alguns anos,ninguém nem ela mesma vai se importar com o que ela escreveu e hoje ele se tornou um livro megafamoso e ela uma das pessoas mais conhecidas de toda a Segunda Guerra Mundial.E mais:ela nasceu no dia 12 de junho e hoje é dia 11 então é muito cabalístico sei lá,por isso quis começar hoje.Sabe eu odeio o Dia dos Namorados.Quer dizer,é só um bando de pessoinhas felizes ganhando presentes de seus namorados como se fosse o dia mais feliz de suas vidas.Bem,não é.Por que a maioria dessas pessoas só são mais carinhosas e meigas nesse dia,no resto vivem brigando ou se traindo ou eu sei lá o quê.Nunca namorei,mas já vi muitos relacionamentos darem errado,minha irmã mais velha Stephanie de 17 anos já teve todo tipo de relação amorosa.Seu primeiro namorado Mark Schembrelend era americano e ela ficou toda deslumbrada quando ele entrou na nossa escola.Não só ela como muitas meninas,mas foi ela quem conseguiu fisgar ele.Mas…como todo homem é fraco ele traiu a minha irmã(coitada)muuitas vezes e ela não desconfiava de nada.Quando descobriu não terminou de imediato porque se setia insegura,sabe?Era o primeiro relacionamento dela e ela não queria que acabasse tão rápido,terminou dois meses depois de tudo e ela chorou um tempão.Depois ela teve namorado:ciumento,grudento,bad boy,nerd e por último o tarado.Ele vivia insistindo pra eles transarem e um dia ela finalmente cedeu.Mas depois ele só queria fazer isso e não queria saber de mais nada sabe?Aí ,la terminou.Agora,está curtindo a solteirice dela de uma maneira não muito ortodoxa.E com ortodoxa eu quero dizer que ela vai a várias festas,fica com vários caras,transa com alguns e volta pra casa completamente bêbada.Ou seja o que os namoros fizeram pra ela?Nada,além de deixá-la amargurada,com medo de compromisso e vadia.Não me entendam mal,eu amo a minha irmã e também acho que quando for mais velha e solteira vou aproveitar,mas foram os outros que deram essa fama pra ela e agora sim que ela não arranja mais namorado.Porque eu sei que na verdade,ela quer um namorado e se você não acredita,sabe quais são os planos por Dia dos Namorados dela?Comprar pipoca,chamar as amigas e chorar vendo filmes como A Casa do Lago,mas ela também locou Eu Odeio o Dia dos Namorados que parece ser interessante.Bom,agora tenho que ir adorei falar com você diário.Beijinhos,

Carol

Anúncios

Sobre Carol

eu adooro praia,sorvete e chapinha!Tenho ódio de matemática,Fernanda e gente colorida.Sou mais anormal do que o resto das pessoas mas gosto de ser assim,ok?Adoro livros,fanática por água de coco e apaixonada pelo Luís.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Querido Diário,

  1. Juliana disse:

    Viciada, oi?
    Não só em GG mas em blog tambéem !
    UHASUHSAHUSAUHHUAS’
    Ameeeei o primeiro post
    ;*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s